Lisboa |
Bênção da primeira pedra da nova casa da Ajuda de Berço, em Benfica
“Uma ótima concretização de que Deus toca o coração do homem”
<<
1/
>>
Imagem

O Cardeal-Patriarca de Lisboa benzeu a primeira pedra da nova casa da Ajuda de Berço, em Benfica, sublinhando que a instituição é “uma ótima concretização de que Deus toca o coração do homem”. O novo espaço, que deve ser inaugurado daqui a um ano e meio, vai acolher 35 crianças. 

Situada na Rua Jorge Barradas, em Benfica, Lisboa, a futura nova casa da Ajuda de Berço é uma obra que nasce fruto do trabalho de diversos leigos da instituição fundada em 1998. “Nós, os crentes, os cristãos, acreditamos que se cá estamos neste mundo, e se este mundo cá está não é por acaso, há uma vontade criadora de que isto exista. Se Deus criou o mundo sem nós, não o constrói nem reconstrói sem nós. O próprio Deus só está à espera do nosso ‘sim’, para dizer o ‘sim’ total às necessidades do outro. Deus não desiste, mas conta connosco”, lembrou D. Manuel Clemente, na tarde do passado dia 11 de outubro, durante a bênção da primeira pedra. O Cardeal-Patriarca elogiou ainda o trabalho desta instituição. “A Ajuda de Berço, naquilo que tem feito ao longo destes anos todos, e daquilo que fará no futuro, é uma ótima concretização de que Deus toca o coração do homem e as coisas vão por diante e ultrapassam as previsões. É só pormo-nos no sítio certo, que é o sítio de sermos colaboradores de Deus”, manifestou.

 

Ao serviço das crianças

A nova casa da Ajuda de Berço é “uma obra muito sonhada”, nas palavras da presidente da direção da associação, Sandra Anastácio, que agradeceu a confiança do Cardeal-Patriarca. “Senhor D. Manuel, tê-lo aqui é saber que confia em nós, a tal ponto que há cinco anos nos deu o dinheiro e só agora estamos a iniciar a construção” da nova casa. Esta responsável referia-se à renúncia quaresmal de 2014, dos cristãos do Patriarcado de Lisboa, que foi entregue à Ajuda de Berço. Ao longo de 21 anos de existência, a Ajuda de Berço acolheu “um total de 405 crianças”. “Estamos ao serviço das crianças mais frágeis”, garantiu ainda Sandra Anastácio.

 

Papel fundamental

A futura casa da Ajuda de Berço vai ficar situada num terreno cedido pela Câmara Municipal de Lisboa. O presidente da autarquia, Fernando Medina, que por estar fora do país se fez representar pela chefe do gabinete, Fátima Madureira, enviou uma mensagem escrita onde salienta “o momento especial para a Ajuda de Berço e para a cidade de Lisboa”. “Associações como a Ajuda de Berço desempenham um papel fundamental na construção de sociedades mais coesas”, assinalou Fernando Medina, manifestando ainda que a instituição tem sido “um importante aliado na defesa das crianças desprotegidas, dando-lhes colo, carinho e casa”. Já a presidente da Junta de Freguesia de Benfica, Inês Drummond, destacou que “é uma enorme honra”, para a freguesia, acolher a casa da Ajuda de Berço. “É uma obra muito importante e meritória, que acolhemos na nossa freguesia com muito carinho e orgulho”, apontou.

Com este novo projeto, a Ajuda de Berço pretende aumentar a capacidade de resposta de acolhimento de crianças, estando previsto um aumento de 15 vagas para acolhimento de crianças, além das 20 crianças que estão atualmente na casa da Av. de Ceuta e que vão transitar para a futura casa de Benfica.

 

_________________


Novo hino da Ajuda de Berço

No final da bênção da primeira pedra, o músico João Só interpretou o novo hino da Ajuda de Berço, da sua autoria.

 

Hino

Quando há portas que se fecham

E tudo parece escuro

Quando a vida que começa

Parece não ter futuro

 

É quando abrimos as portas

De casa e do coração

Porque a vida não tem preço

E a ajuda começa no berço

 

Com cuidados, colo e mimo

Pode torcer-se o destino

Porque há sempre um recomeço

E a ajuda começa no berço

 

Quando a noite é fria e crua

E as coisas correm mal

Quando não há estrelas na rua

A anunciar o natal

 

É quando abrimos as portas

De casa e do coração

E da palha se faz berço

Vida nova, redenção

texto e fotos por Diogo Paiva Brandão
A OPINIÃO DE
Padre Fernando Sampaio
Nenhum pecador pode permanecer na presença de Deus. O Profeta Isaías, depois da visão de Deus, sentiu-se...
ver [+]

Maria José Vilaça
Vivemos estes últimos meses marcados por várias notícias que merecem alguma reflexão. Desde as eleições...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES