Juventude |
Pastoral Juvenil
A aposta na formação
<<
1/
>>
Imagem

Dois momentos de formação a nível nacional – «Acompanhar os Jovens Hoje», em Fátima, e o Fórum «Jovens: Oportunidades e Caminhos», na diocese de Leiria-Fátima – marcaram o arranque do ano pastoral.

 

Acompanhar os Jovens Hoje

Ao longo dos últimos anos, tem sido clara e cada vez maior a importância que nós, Igreja, temos vindo a pôr na forma como olhamos para os Jovens. Este tem sido um tempo para nos olharmos ao espelho, trocarmos de lentes e redescobrirmos uma sempre nova forma de olhar para as muitas juventudes que nos rodeiam.

Este novo olhar traz uma visão refrescante onde a Igreja, olhando para os Jovens, se vê a si mesma e, redescobrindo-se como a “verdadeira juventude do mundo”, transita de um “fazer para os Jovens” para um “ser com os Jovens”.

Esta mudança de paradigma não vem só por si - ela vem revelar a necessidade de uma verdadeira conversão espiritual, pastoral e missionária da própria Igreja.

Uma conversão na forma como discernimos, como escutamos, como envolvemos e como acompanhamos os jovens.

Uma conversão na abertura com que deixamos que também eles se tornem nas pedras vivas que, juntamente com cada uma das suas comunidades, edificam a Igreja.

Por fim, uma conversão na humildade com que nos deixamos acompanhar, na fidelidade com que nos mostramos exemplo e na alegria com que testemunhamos este amor de Deus pelo qual nos deixámos enamorar.

Esta mudança de paradigma também traz um outro tipo de consequências – talvez de um cariz mais prático – como é o caso de algumas oportunidades de Encontro e formação. Destas, são exemplo o Encontro Nacional de Formação que decorreu de 23 a 27 de Outubro, em Fátima, com o tema que dá o nome a este artigo – «Acompanhar os Jovens Hoje» – ou o Fórum «Jovens: Oportunidades e Caminhos» que marcou o início do Ano Pastoral da Diocese de Leiria-Fátima.

Contando com convidados tão distintos entre os dois eventos, como o Pe. Rossano Sala em Fátima ou o Pe. Nuno Tovar de Lemos em Leiria, o tema central foi – sem dúvida – a forma como, enquanto Igreja, fazemos e nos propomos a fazer caminho com os jovens.

Por fim, e porque a Igreja somos todos nós, resta a pergunta: Que caminhos me cabem a mim abrir, para que outros o percorram, levando a uma Igreja cada vez mais Santa para todos?

 

Formação de Animadores na Diocese de Lisboa

Certamente que a resposta ao artigo anterior não será apenas uma. Aliás, para que a resposta seja verdadeiramente fiel, a própria pergunta não pode ser apenas uma – tem de se ir moldando, com o tempo, às necessidades daqueles que nos rodeiam.

Por isso mesmo, lançamos-te mais uma pergunta – és ou procuras ser animador de um Grupo de Jovens? Então aproveita esta oportunidade!

A Formação de Animadores é uma proposta para aprofundares a tua relação com Cristo, com a Igreja e com a tua Diocese, na sua diversidade de experiências, de pessoas e de movimentos. São 9 encontros, 3 por ano, sempre ao fim de semana (de sexta-feira à noite a Domingo) e o primeiro encontro deste novo ciclo terá lugar de 8 a 10 de Novembro.

 

________________________


Não adies mais e não percas a oportunidade! Inscreve-te e obtém mais informações em: www.juventude.patriarcado-lisboa.pt (no link Atividades e depois Formação de Animadores).

Caso tenhas alguma dúvida, não hesites e envia um e-mail para: juventude@patriarcado-lisboa.pt.

A OPINIÃO DE
Isilda Pegado
1. Somos hoje, e desde há várias décadas, confrontados com leis e comportamentos que criam fraturas...
ver [+]

P. Duarte da Cunha
São cada vez mais as pessoas que perguntam o que é específico da fé cristã. Sobretudo à volta da época do Natal.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES