Lisboa |
apagar
“A pedagogia de Jesus faz-nos crescer”

A Missa das 10h30 celebrada na Igreja de Nossa Senhora da Graça, em Torres Vedras, foi presidida no passado Domingo, dia 3 de novembro, pelo torriense D. Manuel Clemente, Cardeal-Patriarca de Lisboa, e concelebrada pelo cónego Álvaro Bizarro, administrador paroquial das paróquias da cidade, e pelos diáconos Joaquim Cruz e Rui Pinto.

A presença do purpurado na sua terra natal deveu-se ao convite que lhe foi dirigido pela comissão constituída para a comemoração dos 100 anos de fundação da Escola Secundária Municipal de Torres Vedras, ocorrida precisamente no dia 3 de novembro de 1919. Facto que levou o próprio presidente da Câmara Municipal local, Carlos Bernardes, também a marcar presença naquela Eucaristia, entre outros autarcas.

D. Manuel começou por reconhecer no início da celebração que a Escola Secundária Municipal foi uma instituição que “muito honrou a nossa terra, fazendo crescer e valorizando o que havia de melhor nos jovens da altura, que hoje são homens e mulheres construtores da sociedade”.

Transpondo depois a leitura do Evangelho daquele Domingo, que narrava o episódio do encontro de Zaqueu, um publicano rico que subiu a um sicómoro para ver Jesus porque era de estatura baixa e, ao vê-lo, o Messias lhe pediu que descesse e que mais tarde queria ir jantar a sua casa, atitude reprovada desde logo pelos discípulos dado que aquele homem era um cobrador de impostos ao serviço da força romana ocupante, o cardeal disse que a atitude de Jesus “foi positiva, foi promotora, fez crescer Zaqueu”. Depois daquele encontro Zaqueu prometeu que iria repartir metade dos seus bens com aqueles que nada tinham.

“A atividade pedagógica, que envolve professores e outros formadores, deve ser entendida também através desta pedagogia e deste olhar positivo de Jesus, para fazer crescer e valorizar o que há de melhor nos outros”, recomendou o Patriarca, que reconheceu, todavia, que hoje “não é tarefa fácil o trabalho dos educadores, formadores e professores”. Ou não estivesse D. Manuel Clemente a falar para ex-alunos da Escola Secundária Municipal, que também ele frequentou em jovem, alguns dos quais foram igualmente docentes durante a sua vida profissional.

A OPINIÃO DE
Isilda Pegado
1. Somos hoje, e desde há várias décadas, confrontados com leis e comportamentos que criam fraturas...
ver [+]

P. Duarte da Cunha
São cada vez mais as pessoas que perguntam o que é específico da fé cristã. Sobretudo à volta da época do Natal.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES