Lisboa |
Missa do Parto em Alfragide
“Não deixemos Jesus à porta”
<<
1/
>>
Imagem

“Caríssimos irmãos, não O deixemos à porta. Não sejamos apenas curiosos, ver a estrela, vermos o lugar onde Ele nasceu para o venerarmos. Abramos a porta para que Jesus entre, para que habite connosco”. Foi este o pedido que o padre José Rosário Freitas Costa deixou na Missa do Parto, celebrada na Igreja da Divina Misericórdia, na Paróquia de Alfragide, às 6h30 da manhã do passado dia 14 de dezembro.

Esta tradição secular madeirense foi trazida para Alfragide, desde 2014, pelo pároco, padre Nélio Tomás, sacerdote dehoniano natural do Porto da Cruz, no concelho de Machico, na ilha da Madeira, e invoca, nos nove dias que antecedem o Natal, “o bom parto da Virgem Maria, que há-de dar à luz o Menino Jesus”.

foto por Paróquia de Alfragide
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Depois de tudo, ou quase, ter sido dito sobre a eutanásia, é preciso regressar ao essencial: a eutanásia é uma licença para matar.
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Em 1965, quando a revista Brotéria passou a assumir-se como uma revista de cultura, inspirada na “grande...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES