Vocações |
Luzeiros de Natal – Campos Vocacionais para Raparigas
Conhecer Maria de Nazaré, a Mãe de Jesus
<<
1/
>>
Imagem

Nos dias 20 a 23 de dezembro, decorreram os Luzeiros de Natal – Campos Vocacionais para Raparigas – na Casa do Oeste, em Ribamar da Lourinhã. “Não temas! Põe-te a caminho!” foi o mote para os Luzeiros.

Nestes dias, as raparigas dos quatro cantos da nossa Diocese (Salir de Matos, Azambuja, Alcabideche, Portela de Sacavém, entre muitas outras paróquias) foram convidadas a investigar uma mulher determinante neste tempo de Natal: Maria de Nazaré, a Mãe de Jesus.

Assim, e sob este tema de fundo, no primeiro dia, as raparigas procuraram conhecer a história e as esperanças do Povo de Maria (e por isso, as suas próprias esperanças), que ansiava pelo Messias, o Salvador.

No segundo dia, descobriram que no discernimento vocacional não basta procurar responder à pergunta “Quem sou eu?”. É preciso responder também à pergunta “Para quem sou eu?”. Aí descobriram que há no mundo, próximo e distante, uma grande necessidade de “sins” generosos; descobriram que o mundo espera o “sim” de cada uma, como um dia o anjo (e com ele a humanidade inteira) esperou o “sim” de Maria.

No terceiro dia, deram-se conta dos seus medos e limitações e também de que nem os seus medos nem as suas limitações são obstáculos para Deus. O que Deus pede é que não fujam, mas que avancem confiadas n’Ele, abraçando o medo e a sua pequenez. Neste dia, puderam também por em prática tudo o que tinham ouvido até então, passando a tarde a “ser para o outro”, concretamente, nos lares da Atalaia e da Santa Casa da Misericórdia na Lourinhã.

O último dia foi dia de alegria! Aquelas que estão atentas e conseguem ver onde “falta o vinho”, aquelas que respondem com generosidade a essa falta, apesar dos seus medos e da sua pequenez, essas alegram-se com Maria e participam do seu Magnificat! Esta Alegria ninguém a rouba porque não é humana, é já Paraíso!

 

_____________


“O Presépio é um convite a «sentir», a «tocar» a pobreza que escolheu, para Si mesmo, o Filho de Deus na sua encarnação, tornando-se assim, implicitamente, um apelo para O seguirmos pelo caminho da humildade, da pobreza, do despojamento, que parte da manjedoura de Belém e leva até à Cruz, e um apelo ainda a encontrá-Lo e servi-Lo, com misericórdia, nos irmãos e irmãs mais necessitados (cf. Mt 25, 31-46).”

Papa Francisco, Carta Apostólica Admirabile Signum sobre o significado e valor do Presépio

 

Foram várias as iniciativas que neste Tempo do Natal permitiram a vários rapazes e raparigas irem ao encontro deste Deus menino para escutarem o que Ele tinha para lhes dizer para as suas vidas. Os Luzeiros de Natal e os campos vocacionais do Pré-Seminário foram verdadeiros tempos de encontro com a verdade e a novidade do Evangelho na surpresa da encarnação. 

 

_____________

 

Agenda Vocacional – Janeiro 2020

7 de janeiro – Terça.com Vocação

21 de janeiro – Terça.com Namorados

26 de janeiro a 2 de fevereiro – Semana do Consagrado

A OPINIÃO DE
P. Manuel Barbosa, scj
1. Estamos em plena fase diocesana do processo sinodal, que vai até ao verão de 2022. Importa recordar...
ver [+]

António Bagão Félix
Há uns dias, deparei com um belo texto do sacerdote e teólogo italiano Ermes Ronchi. A certa altura,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES