Lisboa |
apagar
Bispos dos Países Lusófonos afirmam compromisso

No XIV Encontro dos Bispos dos Países Lusófonos, que decorreu na Guiné-Bissau, de 16 a 21 de janeiro, os bispos afirmaram o ‘Compromisso pela Paz, pela Fraternidade Humana e a Vida em Comum no Espaço Lusófono’.

“O Compromisso de Bissau pela Paz, a Fraternidade Humana e a Vida em Comum no Espaço Lusófono, que aqui afirmamos, é manifestação da nossa vontade de continuar a aprofundar a reflexão e o diálogo e a desenvolver parcerias e ações conjuntas nos países lusófonos. Estendemos o convite a todos os que se revejam neste compromisso, para que nos associemos no desenvolvimento desta missão”, refere o compromisso dos Bispos de Angola, Brasil, Guiné-Bissau, Portugal e São Tomé e Príncipe, proclamado na Catedral de Bissau, a 19 de janeiro, no final da celebração da Missa, sublinhando que “a paz é dom de Deus e construção fraterna”. “Assim, com fé e confiança em Deus, juntos vamos construir a paz na fraternidade e na solidariedade, na convivência e na reconciliação, na justiça e na esperança”, referem os prelados.

O XIV Encontro dos Bispos dos Países Lusófonos na Guiné-Bissau, com o tema ‘O diálogo inter-religioso como promotor da paz e do desenvolvimento’, contou com a presença do presidente e do secretário da Conferência Episcopal Portuguesa, D. Manuel Clemente e padre Manuel Barbosa, respetivamente, e de D. Joaquim Mendes, coordenador-geral da  JMJ Lisboa 2022.

A OPINIÃO DE
Pedro Vaz Patto
De entre as muitas mensagens que recebi sobre a pandemia do Covid-19, uma reteve especialmente a minha...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Onde está a Igreja nesta guerra mundial, que é a pandemia do coronavírus? Está, como sempre esteve, na...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES