Lisboa |
Missa para os Consagrados
“Vida religiosa é profecia para a Igreja”
<<
1/
>>
Imagem

O Bispo Auxiliar de Lisboa D. Joaquim Mendes destacou a importância da vida consagrada para a Igreja. “A vida religiosa, mesmo envelhecida, é profecia para a Igreja, para o povo de Deus, para os jovens, necessária para lhes abrir horizontes de futuro e de esperança”, referiu o prelado, na Missa para os Consagrados, na tarde do passado dia 2 de fevereiro.

Na Sé Patriarcal, D. Joaquim Mendes recordou que “a vida religiosa brota do seio do povo de Deus, da Igreja, das famílias, igrejas domésticas, que formam a comunidade cristã”, e que “amadurece e caminha quando os jovens e os idosos caminham juntos”. “Contemporaneamente ao fenómeno crescente do envelhecimento social, cresce também o número de anciãos na vida consagrada, mas estes não podem desistir de sonhar, nem cair na tentação de se isolarem”, alertou ainda o Bispo Auxiliar de Lisboa.

A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Depois de tudo, ou quase, ter sido dito sobre a eutanásia, é preciso regressar ao essencial: a eutanásia é uma licença para matar.
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Em 1965, quando a revista Brotéria passou a assumir-se como uma revista de cultura, inspirada na “grande...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES