Lisboa |
Visita Pastoral à Paróquia do Senhor Jesus dos Navegantes de Paço de Arcos
Crescer na fé, na comunhão e na missão
<<
1/
>>
Imagem

O pároco de Paço de Arcos enalteceu a “relação interessante” da comunidade com D. Joaquim Mendes, e a “descoberta” que a Visita Pastoral proporcionou. O Bispo Auxiliar esteve na Paróquia de Paço de Arcos de 11 a 16 de fevereiro, deixando o convite à “atitude missionária”.

 

“A curiosidade foi o primeiro sentimento que as pessoas tiveram. As gerações mais antigas, também elas próprias, não se lembravam de quando tinha acontecido a última Visita Pastoral a Paço de Arcos”, lembra o padre José Luís Costa, ao Jornal VOZ DA VERDADE. Durante os seis dias de Visita Pastoral, D. Joaquim Mendes visitou o Clube Desportivo de Paço de Arcos, a Escola Secundária, “onde teve um encontro com alunos de EMRC e professores católicos”, os Bombeiros Voluntários, “em que almoçou com a direção”, a Seda Ibérica, “a primeira empresa que nasceu em Paço de Arcos, nos anos 50, e que ainda está atuante e emprega 250 pessoas”, e também a “empresa mais recente, o hipermercado Auchan, que tem 280 trabalhadores”, resume o pároco, de 47 anos.

Em termos paroquiais, o Bispo Auxiliar “celebrou, diariamente, às 19h00, a Missa da comunidade”, e encontrou-se, depois, com todos os grupos, movimentos e obras paroquiais, da liturgia à catequese, passando pelos escuteiros, os jovens e os conselhos. “Nos finais de dia, houve a possibilidade destes encontros de proximidade e partilha, e de uma certa exortação e consolidação, seja ela doutrinal, seja ela também de atitude missionária – aliás, foi uma proposta permanente que o senhor Bispo nos lançou, este cuidado da missão”, refere o padre José Luís, destacando a “relação interessante da comunidade, que circula mais próxima da vida comunitária, com o Bispo”. “Foi uma descoberta, e as várias assembleias tiveram, muitas vezes, acima de 50 pessoas”, assinala.

 

Exército e doentes

No dia 12 de fevereiro, D. Joaquim Mendes visitou as instalações da Unidade de Apoio do Comando da Logística (UnAp/CmdLog), do Exército, em Paço de Arcos, tendo “contactado com os militares e civis que prestam serviço na unidade”, segundo um comunicado. “Na despedida, o Bispo Auxiliar do Patriarcado de Lisboa expressou a sua enorme gratidão e satisfação pela forma como foi recebido, bem como a sua profunda admiração pela forma como o Exército, e neste caso especial a UnAp/CmdLog, cumpre a sua missão”, assinala a nota do Exército. Para o pároco de Paço de Arcos, “o senhor Bispo foi muito dignamente recebido, com protocolo de Estado de grande reconhecimento, e visitou toda a unidade, que é extensa”.

Outro dos “momentos marcantes” da Visita Pastoral a Paço de Arcos foi a visita aos doentes. “Visitámos 15-16 doentes do Bairro do Alto da Loba, onde está sediada a comunidade cabo-verdiana desde 1972, e também doentes da comunidade paroquial, particularmente pessoas que tiveram um trabalho edificante e estruturante na construção da comunidade, há 50 anos. São homens e mulheres, já muito velhinhos, mas que se alegraram por receber a presença do senhor Bispo”, aponta o padre José Luís.

 

Em família

A catequese desta paróquia da Vigararia de Oeiras tem cerca de 120 crianças. Na noite de 13 de fevereiro, D. Joaquim Mendes encontrou-se com os catequistas, tendo sublinhado que, “se o seminário é o coração da diocese, a catequese é o coração da paróquia”. “A finalidade da catequese é conduzir ao encontro com Cristo”, observou.

Segundo o padre José Luís Costa, o ponto alto da Visita Pastoral a Paço de Arcos foi “a celebração do Santo Crisma na Missa de Domingo”. “Foi um dia de festa, em que o senhor Bispo crismou 18 elementos da comunidade”, refere o pároco. Na sua homilia, D. Joaquim Mendes agradeceu “o acolhimento e as atenções recebidas”. “Senti-me verdadeiramente em família e peço ao Senhor que vos ajude a crescer na fé, na comunhão e na missão”, frisou o Bispo Auxiliar de Lisboa.

texto por Diogo Paiva Brandão; fotos por DPB, Idalina Alegria e Exército
A OPINIÃO DE
Padre Fernando Sampaio
Nenhum pecador pode permanecer na presença de Deus. O Profeta Isaías, depois da visão de Deus, sentiu-se...
ver [+]

Maria José Vilaça
Vivemos estes últimos meses marcados por várias notícias que merecem alguma reflexão. Desde as eleições...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES