Roma |
Missa na Casa Santa Marta
Papa reza pelos que têm dificuldades económicas devido ao coronavírus
<<
1/
>>
Imagem

Na Missa na Casa Santa Marta, desta segunda-feira, 23 de março, o Papa Francisco dirigiu o seu pensamento às famílias que têm problemas com a impossibilidade de trabalhar devido à pandemia do coronavírus covid-19, pedindo para ser intensificada a oração neste período, rezando com fé, perseverança e coragem. “Rezemos hoje pelas pessoas que por causa da pandemia estão a começar a ter problemas económicos, porque não podem trabalhar e tudo isso recai sobre a família. Rezemos pelas pessoas que têm esse problema”, pediu.

Na sua homilia, Francisco convidou a rezar com fé, perseverança e coragem, sobretudo neste período. “Três coisas são necessárias para se fazer uma verdadeira oração. A primeira é a fé: se não tiverdes fé... E muitas vezes, a oração é somente oral, da boca... mas não vem da fé do coração, ou uma fé fraca... Rezar com fé, quer quando rezamos fora, quer quando vimos aqui e o Senhor está ali: mas tenho fé ou é um costume? Estejamos atentos na oração: não cair no costume sem a consciência de que o Senhor está presente, que estou falando com o Senhor e que Ele é capaz de resolver o problema. A primeira condição para uma verdadeira oração é a fé. A segunda condição que o próprio Jesus nos ensina é a perseverança. Alguns pedem, mas a graça não vem: não têm essa perseverança, porque no fundo não precisam dela, ou não têm fé. (…) E a terceira coisa que Deus quer na oração é a coragem. Alguém pode pensar: é preciso coragem para rezar e para se colocar diante do Senhor? É preciso. A coragem de ficar ali pedindo e seguindo adiante, aliás, quase – quase, não quero dizer uma heresia –, mas quase como ameaçando o Senhor. Essa virtude da coragem, é muito necessária. Não somente para as ações apostólicas, mas também para a oração. Fé, perseverança e coragem. Nestes dias em que é necessário rezar, rezar mais, pensemos se nós rezamos assim: com fé que o Senhor pode intervir, com perseverança e com coragem. O Senhor não dececiona: não dececiona. Faz-nos esperar, toma o seu tempo, mas não dececiona. Fé, perseverança e coragem”, apelou o Papa.

A OPINIÃO DE
Padre Fernando Sampaio
Nenhum pecador pode permanecer na presença de Deus. O Profeta Isaías, depois da visão de Deus, sentiu-se...
ver [+]

Maria José Vilaça
Vivemos estes últimos meses marcados por várias notícias que merecem alguma reflexão. Desde as eleições...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES