Lisboa |
‘Rezar em Família’ apresenta Domingo de Ramos
“Viver em família a entrada de Jesus em Jerusalém”
<<
1/
>>
Imagem

O Bispo Auxiliar de Lisboa D. Joaquim Mendes desejou que as famílias vivam juntas, “em Igreja doméstica”, a celebração de Domingo de Ramos. “A liturgia deste Domingo da Paixão de Ramos começa com a festiva procissão de Ramos. Infelizmente, este ano, nós não a podemos realizar nas nossas comunidades como fazemos habitualmente. Mas podemos fazê-lo em família, vivendo juntos, em Igreja doméstica, a entrada de Jesus em Jerusalém, participando da alegria daqueles que O acolhem e daqueles que O aclamam como seu Rei”, frisou o prelado, no sexto vídeo da proposta de Quaresma ‘Rezar em Família’. “É uma oportunidade de nós aclamarmos Jesus como nosso Rei, como centro das nossas vidas, como centro da nossa família, como centro da nossa comunidade familiar. E podemos ainda acompanhá-l’O na sua Paixão, na narração segundo São Mateus, deixando-nos iluminar e interpelar por ela”, acrescentou.

Na iniciativa que a Pastoral Familiar de Lisboa e o Sector da Catequese do Patriarcado têm apresentado semanalmente nesta Quaresma, D. Joaquim Mendes começou por lembrar que, com a celebração de Domingo de Ramos, a Igreja inicia a Semana Santa. “A Semana Santa é também chamada a Semana Maior, porque nela nós celebramos os mistérios centrais da nossa salvação”, referiu.

Neste apontamento, o Bispo Auxiliar de Lisboa desejou ainda que, durante a Semana Santa, “a cruz tenha lugar central” nas famílias. “Que nesta semana, muito particularmente, a cruz tenha lugar central nas nossas famílias, mas tenha lugar central sobretudo no nosso coração, para que, contemplando-a, nós cresçamos no amor e possamos celebrar, com renovada alegria, renovada esperança, a Páscoa do Senhor. Uma fecunda Semana Santa”, terminou D. Joaquim Mendes.

Recorde-se que todas as semanas tem sido disponibilizado um áudio com a leitura do Evangelho de cada Domingo e o comentário de um Bispo. “A nossa proposta é que este material seja mote para que cada família encontre um espaço de reflexão, em conjunto, ao longo da Quaresma”, explica a organização.

 

 

Restantes sons disponíveis em: www.patriarcado-lisboa.pt/site/index.php?cont_=40&tem=468

texto por Diogo Paiva Brandão
A OPINIÃO DE
José Luís Nunes Martins
Talvez ainda tenha oportunidade para me perguntar sobre o que andei a fazer durante tanto tempo. Por...
ver [+]

P. Manuel Barbosa, scj
Nestes tempos de pandemia têm surgido orientações e reflexões para a vida cristã em família, em comunidade,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES