Lisboa |
Sacerdote madeirense que é pároco de São Tomás de Aquino
Padre Nélio Pita nomeado provincial dos Padres Vicentinos
<<
1/
>>
Imagem

O padre Nélio Pita foi eleito novo superior provincial da Congregação da Missão, conhecidos como Padres Vicentinos, para um mandato de três anos, sucedendo ao padre José Alves. “A eleição foi confirmada pelo Superior Geral da Congregação da Missão e a tomada de posse do novo Provincial da congregação missionária fundada por São Vicente de Paulo teve lugar em Lisboa, no dia 12 de abril de 2020, Domingo de Páscoa da Ressurreição do Senhor”, refere um comunicado de hoje, da congregação.

 

Padre Nélio Pita, CM

Nascido no Estreito de Câmara de Lobos, na Madeira, em 1973, o padre Nélio emitiu os votos na Congregação da Missão a 25 de março de 1999, foi ordenado diácono a 18 de julho de 1999, na igreja paroquial de Salvaterra de Magos, na Diocese de Santarém, e foi ordenado presbítero na Sé do Funchal, a 29 de julho de 2000. O novo provincial dos Padres Vicentinos em Portugal é licenciado em Teologia pela Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa, fez licenciatura canónica em Teologia Espiritual, na Universidade Pontifícia Comillas, em Madrid, e é mestre em Psicologia Clínica, pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada, em Lisboa.

Pároco de São Tomás de Aquino, em Lisboa, desde 2009, é ainda, atualmente, assistente provincial dos Padres Vicentinos, diretor de Estudantes Vicentinos e integra a equipa do Secretariado Internacional de Estudos Vicentinos

 

Congregação de Missão

A Congregação de Missão celebrou, em 2017, o jubileu dos 400 anos da sua fundação por São Vicente de Paulo, o Santo da Caridade. “Com efeito, em 1617, São Vicente de Paulo, em contacto com os camponeses, conheceu o estado de abandono religioso e a miséria em que viviam as populações do campo. Percebeu que os pobres tinham necessidades urgentes e que, para ser fiel a Cristo, era preciso servi-los. Começou, então, a pregar missões entre os pobres e a organizar diversas obras de caridade”, recorda a nota.

Nesse mesmo ano, os Padres Vicentinos celebraram os 300 anos de presença em Portugal. “Com uma história rica e longa, hoje, estão presentes no país através de oito comunidades, num total de trinta missionários”, salienta o comunicado.

A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
No passado dia 18, ocorreu o centenário do nascimento de São João Paulo II. O último Papa a ser canonizado...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
À memória de João Gomes, discípulo do Cardeal Cardijn e dirigente da JOC. Vivemos um estranho paradoxo.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES