Lisboa |
Nossa Senhora de Fátima peregrina pelas paróquias da Vigararia de Mafra
“Visita da imagem vai trazer muita consolação e muito conforto espiritual às famílias”
<<
1/
>>
Imagem

Nossa Senhora de Fátima vai visitar todas as 16 paróquias da Vigararia de Mafra ao longo do mês de maio. Uma visita organizada recentemente, já durante o confinamento, e que pretende consolar as pessoas. “Neste tempo em que as famílias estão muito isoladas, com a disciplina do confinamento, as pessoas estão a desejar a visita de alguém. E Nossa Senhora é um Alguém muito especial. Não tenho dúvida que a visita da imagem vai trazer muita consolação e muito conforto espiritual às famílias das nossas paróquias da Vigararia de Mafra”, garante, ao Jornal VOZ DA VERDADE, o vigário de Mafra, padre Teodoro Sousa.

A visita vai ter lugar de 3 a 31 de maio. “Vamos entrar no mês de maio e, sobretudo neste mês, faz sentido dedicarmos uma especial atenção e devoção a Nossa Senhora. Uma vez que as pessoas não se podem deslocar ao Santuário de Fátima, como é costume fazerem neste mês de maio, nem às igrejas, e como não podemos ir até Nossa Senhora, Nossa Senhora vem até nós”, frisa o sacerdote, visivelmente satisfeito.

 

Sem ajuntamentos

Por onde passa, Nossa Senhora de Fátima junta sempre multidões. Contudo, nesta visita, não vai ser possível fazer ajuntamentos, alerta desde já o vigário de Mafra. “As pessoas devem ficar nas janelas, nas varandas, eventualmente no passeio, distanciadas, mas não vão haver ajuntamentos”, frisa. Segundo o padre Teodoro, “a imagem de Nossa Senhora vai estar em cima de uma carrinha de caixa aberta, uma pick up, com uma redoma em acrílico, iluminada… e a carrinha vai sempre avançando”. “Pode parar uma vez ou outra, nalgum largo, mas essa paragem não significa que as pessoas se possam juntar ou aproximar”, esclarece. “Será uma paragem somente para algum cântico ou momento de oração, sempre com as pessoas nas janelas ou nas varandas a assistir. As pessoas não têm que se abeirar da imagem de Nossa Senhora, e não se preocupem porque Nossa Senhora tem poder suficiente para entrar pelas janelas e pelas portas das nossas casas”, observa.

 

Colcha branca à janela

Apesar de não se poderem aproximar fisicamente da imagem de Nossa Senhora de Fátima, os paroquianos desta vigararia estão a ser convidados a embelezar as suas casas para receberem Maria. “Vamos pedir às pessoas que ponham uma colcha branca à janela – julgo que isso não traz problemas sanitários –, e eventualmente uma vela, mas sempre dentro do âmbito familiar e não na rua, respeitando sempre as normas de segurança e de saúde”, reforça este sacerdote.

Ao longo de todo o mês de maio, as 16 paróquias que compõem a Vigararia de Mafra vão receber Maria, cada uma com o seu ‘programa’ (percurso) próprio. “Dentro de cada paróquia, o pároco, juntamente com alguns paroquianos, organizou o percurso. Nós, enquanto vigararia, fizemos o calendário geral de datas, e distribuímos um dia, ou mais que um dia, a determinada paróquia”, esclarece o padre Teodoro, que é também pároco da Malveira e Venda do Pinheiro.

 

Missa em direto

A peregrinação da imagem de Nossa Senhora de Fátima à Vigararia de Mafra termina no dia 31 de maio, com a celebração da Missa, às 16h00, na Igreja de São Paulo da Malveira, concelebrada pelos padres da vigararia, que vai ser transmitida, em direto, no YouTube. Uma vez mais, o vigário recorda que “será uma celebração somente para os padres”. “Penso que nessa altura, 31 de maio, já haverá mais flexibilização no confinamento e julgo que todos os padres da vigararia – que não são muitos, aliás – poderão concelebrar. A igreja da Malveira é uma igreja muito ampla, larga, e podemos ter a distância de segurança entre nós. Penso que não haverá problema, nesse sentido”, deseja o padre Teodoro Sousa, a propósito do encerramento da visita de Maria às paróquias da Vigararia de Mafra.

 

______________

 

Peregrinação pelas paróquias da Vigararia de Mafra

3 a 5 de maio: Milharado

6 de maio: Vila Franca do Rosário

7 de maio: Gradil

8 de maio: Exara do Bispo

8 a 13 de maio: Mafra

9 de maio: Azueira

10 de maio: Sobral da Abelheira

11 a 12 de maio: Encarnação

13 a 15 de maio: Santo Isidoro

16 a 18 de maio: Ericeira

19 de maio: Carvoeira

20 de maio: Carvalhal

21 de maio: Cheleiros

22 de maio: Igreja Nova

23 de maio: Alcainça

24 de maio: Malveira

25 de maio: Santo Estêvão das Galés

26 a 29 de maio: Venda do Pinheiro

30 de maio: Sapataria

31 de maio: Missa em direto no YouTube (concelebrada pelos padres da vigararia, às 16h00, a partir da igreja da Malveira)

texto por Diogo Paiva Brandão
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
O Patriarca de Lisboa e o Bispo de Aveiro, Presidente da Comissão para a Educação Cristã e Doutrina...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Começo por lembrar sentidamente a partida de Frei Mateus Cardoso Peres, O.P. (1933-2020), personalidade...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES