Roma |
Carta do Papa Francisco aos peregrinos de Fátima
“Hoje conseguimos, através apenas da alma e do coração, fazer a ligação à Virgem Maria”
<<
1/
>>
Imagem

O Papa Francisco enviou uma carta aos “queridos peregrinos de Fátima”, onde assegura a “companhia” de Nossa Senhora junto de cada um. “Com estas minhas palavras, queria apenas tranquilizar-vos a respeito da companhia que vos faz a nossa Mãe do Céu. Hoje conseguimos, através apenas da alma e do coração, fazer a ligação à Virgem Maria; e somos limitados! Tão limitados, tão pequeninos que um inesperado vírus pôde facilmente transtornar tudo e todos... Nossa Senhora é pequenina como nós, mas abandonou-Se a Deus e Ele engrandeceu-A, fazendo-A Mãe sua e nossa. Hoje, gloriosa em corpo e alma, toda Ela é um coração materno ocupado e preocupado em restabelecer a sua ligação connosco e a nossa ligação com Deus. Não esqueçais a sua promessa de 13 de junho de 191 7: «O meu Imaculado Coração será o teu refúgio e o caminho que te conduzirá até Deus»”, pediu o Papa, na carta que foi lida pelo Bispo de Leiria-Fátima, no final da celebração deste 13 de maio, no Santuário de Fátima, após a habitual saudação aos peregrinos, nas diversas línguas.

Na carta, Francisco assegurou ainda que Nossa Senhora “confia” a Deus “todos e cada um de vós”. “Desde os zeladores do Santuário de Fátima, que hoje nos personificam e representam a todos aos pés de Nossa Senhora, à semelhança do apóstolo João no Calvário – «Mulher, eis o teu filho!» (Jo 19, 26) e, pela casa dentro, entrou-Lhe todo o mundo ... –, até aos doentes, pobres e abandonados, sem esquecer os profissionais e voluntários empenhados a servi-los”, lembrou o Papa, terminando com o pedido de “uma oração particular” pelas “vítimas sem conta desta pandemia do covid-19 e todos os defuntos”. “A quantos se viram sozinhos na sua travessia para a eternidade, sei que a boa Mãe do Céu lhes fez companhia até Deus. Que o bom Deus vos abençoe e Nossa Senhora de Fátima vos guarde e proteja”, termina a carta assinada por Franciscus, com data de 8 de maio de 2020.

texto por Diogo Paiva Brandão; foto por Santuário de Fátima
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
O Patriarca de Lisboa e o Bispo de Aveiro, Presidente da Comissão para a Educação Cristã e Doutrina...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Começo por lembrar sentidamente a partida de Frei Mateus Cardoso Peres, O.P. (1933-2020), personalidade...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES