Lisboa |
Carta dirigida às famílias da Diocese de Lisboa
Cardeal-Patriarca apela à “promoção e proteção das famílias”
<<
1/
>>
Imagem

O Cardeal-Patriarca de Lisboa dirigiu uma carta às famílias da diocese, onde manifesta a “muita estima e oração” com que as acompanha, e lembrou que “pais e filhos, avós e parentes, constituem o núcleo básico de entreajuda e carinho”.

“A promoção e proteção das famílias deve ser o primeiro objetivo de qualquer sociedade organizada. Temos muito a fazer neste sentido, especialmente agora, quando a crise sanitária e económica atinge fortemente a muitos e dificulta a sobrevivência de tantos, no que respeita ao trabalho e a tudo o mais que garanta a vida das pessoas e suas famílias”, observou D. Manuel Clemente, na carta dirigida às “caríssimas famílias da diocese de Lisboa”.

A missiva foi publicada por ocasião da Festa da Família – prevista para 7 de junho e que, devido à pandemia, foi adiada – e frisa que “será bom” que muitos dos “hábitos [de oração familiar] continuem”, “complementando a indispensável prática sacramental e comunitária que se irá retomando, com a cautela necessária para que a pandemia não retorne”. “Agradeço muito às famílias da diocese de Lisboa tudo o que conseguiram fazer neste tempo difícil para se manterem unidas na entreajuda e na oração, bem como na atenção às necessidades dos seus vizinhos e outras pessoas mais fragilizadas”, acrescentou.

A carta, que pode ser lida em https://bit.ly/Carta_Familias, termina com o desejo de que a sociedade “se torne mais familiar”.

A OPINIÃO DE
Isilda Pegado
1. Há momentos em que é a questão de Princípio ou os Valores Civilizacionais, que nos levam a tomar posição.
ver [+]

P. Nuno Amador
A noite é um lugar intrigante, enigmático, ambivalente. Se ela “é mais pura do que o dia”,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES