Lisboa |
Federação Portuguesa pela Vida
“Eutanásia é estrada para a destruição do Homem e da Sociedade”
<<
1/
>>
Imagem

A Federação Portuguesa pela Vida (FPV) considera que “não existe lei boa para a eutanásia” e manifestou-o no Parlamento, onde foi ouvida a propósito da despenalização da morte a pedido.

Em comunicado, no dia 9 de julho, a FPV afirma que “uma Lei da Eutanásia é uma lei anti-ordenamento jurídico”. “O único direito constitucional objetivado é o Direito à Vida. Todos os outros direitos são subjetivos. Não existe lei boa para a Eutanásia”, assegura. “As propostas incluídas nos projetos de lei dos respetivos partidos constituem uma estrada para a destruição do Homem e da Sociedade. Legalizar o homicídio a pedido é dar poder a alguns para matar outros com a cobertura da lei e é entregar ao Estado o poder de matar alguns seres humanos, doentes e carenciados”, acrescenta. Segundo a Federação Portuguesa pela Vida, quando a vida humana deixa de ser protegida totalmente torna-se “relativa e disponível”, traduzindo uma “visão utilitarista da vida”.

 

___________________


Juristas Católicos manifestam “oposição” à eutanásia

A Associação dos Juristas Católicos foi também ouvida na Assembleia da República, no dia 8 de julho, sobre os projetos de legalização da eutanásia, tendo reafirmado, em comunicado, “a sua posição de princípio de oposição a essa legalização, por ela quebrar dois alicerces fundamentais da nossa civilização e da nossa ordem jurídica: o da inviolabilidade da vida humana e o de que todas as vidas humanas sem exceção são merecedoras de proteção, nenhuma delas perde dignidade em qualquer das suas fases”.

fotos por Federação Portuguesa pela Vida
A OPINIÃO DE
Isilda Pegado
1. Há momentos em que é a questão de Princípio ou os Valores Civilizacionais, que nos levam a tomar posição.
ver [+]

P. Nuno Amador
A noite é um lugar intrigante, enigmático, ambivalente. Se ela “é mais pura do que o dia”,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES