Juventude |
Jovem da Paróquia de Odivelas deixa testemunho sobre o Rise Up!
“Levanta-te. Este convite é para ti”
<<
1/
>>
Imagem

Rise Up. Levanta-te. Levanto-me… na vida? Na espiritualidade? Levanto-me da maré dos dias. Levanto-me da morte para a vida. É a este desafio – Rise Up! – que procuro agora responder, um mês de cada vez. Sou a Ana, da Paróquia de Odivelas.

Tenho um grupo de amigos que nasceu das reuniões de grupos de jovens, de nos juntarmos todos no final das reuniões, em convívio. Se ao início todos fazíamos parte de algum grupo da Paróquia, com o tempo, com a vida a acontecer, com casamentos e alguns filhos à mistura, muitos foram deixando os grupos. Já somos só dois “membros activos”, cada um no seu grupo. Mas a amizade manteve-se sempre e o grupo de amigos nunca se desfez. Quando soubemos que estava a ser lançado o Rise Up!, começámos a combinar tudo para o fazermos juntos. Estou a fazer o itinerário Rise Up! com este grupo de amigos, mas também com o meu grupo de jovens – os Jovens de São José.

Ainda vamos nas primeiras catequeses, mas estou a gostar muito! É um conjunto de encontros que fazemos ao ritmo de um por mês. Há uma parte deste caminho que fazemos em conjunto, no dia em que nos juntamos numa videoconferência, e uma outra parte que cada um faz por si, entre um encontro e o outro. São encontros de catequese que seguem uma sequência fixa, que nos permite entrar num ritmo fluido, mas lógico e previsível, enquanto mergulhamos na oração, na aprendizagem, na meditação, na partilha e partimos para o concreto do quotidiano – e acabamos por desinstalar esse quotidiano pelo caminho, pelas reflexões e decisões, pelos exercícios que vamos fazendo nos encontros e de uns para os outros.

A dinâmica favorita até agora foi o passo “Reza” do Encontro 2 (Levanta-te e acolhe o Espírito), com o tema “Uma viagem pelas Escrituras”. A dinâmica envolvia, como quem sobe a uma árvore e começa no tronco, e chega aos frutos e ao avistar de lá de cima, procurar algumas passagens na Bíblia e apontar: a) algo que me tivesse chamado a atenção no texto e b) algo que o texto tivesse suscitado em mim. Talvez estejamos particularmente ávidos da presença do Espírito e a leitura da Palavra nos traga luz e segurança, em tempos cheios de incerteza, cansaço e dor.

No grupo de jovens, o Rise Up! veio encaixar perfeitamente numa lógica de preparação para as Jornadas Mundiais da Juventude que já tínhamos começado a pensar, partindo do itinerário Say Yes para a catequese na adolescência. Ganhou uma dimensão missionária de especial beleza quando o grupo se sentiu impelido a animar os outros grupos de jovens da Paróquia a fazer também o itinerário Rise Up!, como quem experimenta um encontro feliz com Cristo e não consegue conter a alegria para si.

Gostava de entusiasmar todos os jovens que se querem preparar para as Jornadas Mundiais da Juventude a procurar o Rise Up! e fazê-lo com os seus grupos de jovens – ou, porque não, com os seus grupos de amigos! Levanta-te. Este convite é para ti.

texto por Ana Campos
A OPINIÃO DE
P. Duarte da Cunha
Talvez não sejam os temas mais urgentes, mas são, certamente, emblemáticos, para explicar a necessidade...
ver [+]

Isilda Pegado
1. Está já anunciado na Comunicação Social que deram entrada no Parlamento dois projectos de Lei para ampliar os prazos para a prática do Aborto.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES