Lisboa |
Reunião Geral de Professores
Patriarcado sensibiliza à matrícula em EMRC
<<
1/
>>
Imagem

O Secretariado Diocesano do Ensino Religioso (SDER) de Lisboa apelou ao “empenho e dinamização” dos docentes de EMRC - Educação Moral e Religiosa Católica na sensibilização à matrícula na disciplina nas comunidades escolares. Foi durante a Reunião Geral de Professores de EMRC, que decorreu online, a 30 de abril, e contou com a participação de centena e meia de professores. “O SDER apresentou as diligências efetivadas, nomeadamente os contactos desenvolvidos com os Senhores Bispos Auxiliares, senhores padres Vigários, Catequistas, Pastoral Familiar, no sentido de sensibilizar os vários setores para a importância de haver um trabalho conjunto e de comunhão, Escola/Paróquia. Dentro destes desafios, foi lembrada a essência da disciplina de EMRC, dentro do espírito que nos marca: a proximidade, a partilha, o encontro, o cuidado, o afeto, o sermos #MaisPróximo”, revela um comunicado, referindo-se ao tema do projeto anual desta disciplina.

No início da reunião, o diretor do SDER, padre Paulo Malícia, agradeceu “a presença em tão grande número” e a dedicação de todos, e salientou: “Continuamos a viver momentos conturbados e por isso inquietantes, também para a presença da Educação Moral e Religiosa Católica nas escolas”.

Neste encontro, o SDER de Lisboa destacou ainda a importância da Semana/Encontro Nacional de alunos de EMRC, do 1.º ao 12.º ano, organizado pelo Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC), de 17 a 21 de maio, que tem como tema ‘EMRC… Esperança(-te)’, e que “supõe ser uma semana de sensibilização e visibilidade em cada escola”, segundo a nota. A semana encerra com o ‘Concerto Falado’, a ser transmitido no YouTube, com a presença do cantor Fernando Daniel (ex-aluno de EMRC), para alunos, professores e familiares. “Apelo para uma total participação”, convidou o padre Paulo Malícia.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
A primeira palavra que desejo exprimir hoje é de homenagem à memória do Padre Vítor Feytor Pinto, exemplo...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Fátima é o nome da filha de Maomé, mas é sobretudo o local em que Nossa Senhora apareceu seis vezes,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES