Lisboa |
Legalização da canábis
“Não há drogas boas e drogas más”
<<
1/
>>
Imagem

A Associação dos Médicos Católicos Portugueses (AMCP) e a Associação dos Juristas Católicos (AJC) manifestaram “conjuntamente” a sua “oposição à legalização da venda de canábis para fins recreativos”. “Não há drogas boas e drogas más. É importante contrariar a ideia errada de que o consumo das drogas ditas leves, não causa dano para a saúde. A canábis é uma substância aditiva com efeitos deletérios que podem ser dramáticos, principalmente junto dos mais jovens”, alertam estas associações profissionais, sublinhando que “cada vez se conhecem melhor os malefícios pessoais e sociais decorrentes do consumo de canábis”, com “consequências nefastas para a saúde psíquica”.

A OPINIÃO DE
P. Manuel Barbosa, scj
Estamos a terminar a fase diocesana do processo sinodal, com a apresentação da respetiva síntese. Mas...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Continuamos a ler os Atos dos Apóstolos, e a acompanhar Paulo e Barnabé no seu percurso: «Naqueles...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES