Lisboa |
Conclusão do Sínodo Diocesano de Lisboa
“Vivamos sempre mais em Evangelho”
<<
1/
>>
Imagem
Video

O Cardeal-Patriarca recordou que o Sínodo Diocesano de Lisboa (2014-2021) quis “corresponder ao apelo do Papa Francisco na exortação apostólica Evangelii Gaudium”, e sublinhou que a caminhada sinodal mostrou como a “missão comum” leva à unidade. “Na sua exortação inaugural, o Papa pediu-nos uma verdadeira ‘conversão’, que nos faça reencontrar sempre mais como Igreja em saída missionária. Em Cristo e no Espírito de Cristo, saímos de nós para o Pai, em louvor, e para o mundo, em testemunho evangélico. É a nossa marca identitária, como Povo de Deus que só assim se define e caminha. Aliás, nada nos pode unir tanto como a missão comum. Creio que estes sete anos sinodais nos ajudaram a compreendê-lo ainda melhor”, referiu D. Manuel Clemente, nas palavras conclusivas do Sínodo Diocesano de Lisboa, durante a oração de Vésperas, na tarde do passado dia 19 de junho.

A Assembleia de Avaliação da Receção do Sínodo Diocesano de Lisboa decorreu na noite de sexta-feira, 18 de junho, e no sábado, 19, em videoconferência (Zoom), e contou com a participação de cerca de 150 membros (o Cardeal-Patriarca, os Bispos Auxiliares, os Vigários Gerais e o Vigário Judicial, os Cónegos da Sé (não jubilados), os membros do Conselho Presbiteral e do Conselho Pastoral Diocesano, os Vigários Forâneos, os diretores dos Departamentos e Setores da Cúria Patriarcal e os membros do Secretariado do Sínodo). Na capela do Seminário dos Olivais, o Cardeal-Patriarca agradeceu ainda “vivamente” ao cónego Rui Pedro e a quantos com ele colaboraram no Secretariado do Sínodo Diocesano, “pelo excelente trabalho feito em todo o percurso de receção e avaliação”. “Muito obrigado a todos! Saibamos dar continuação ao que melhor resultou, com o hábito reforçado de trabalharmos juntos, na projeção missionária que há de ser sempre a nossa”, desejou.

Nesta celebração, que foi transmitida em direto pelas redes sociais do Patriarcado de Lisboa, as palavras de finais de D. Manuel Clemente tiveram como foco a Jornada Mundial da Juventude, que daqui a dois anos vai trazer a Lisboa “uma multidão de gente nova, provinda de todo o mundo”. “O Papa Francisco quer que seja um tempo forte de evangelização, como aliás já está a ser, envolvendo cada vez mais pessoas. Vivamos sempre mais em Evangelho, para o partilharmos depois com tantos que o trarão também. Assim nos reforçaram os sete anos sinodais que agora se concluem e projetam para o futuro, na senda missionária que nos define como Igreja de Deus para todos. Sim, há sempre outra margem à nossa espera, em cada geografia territorial, social ou cultural que ao Evangelho se disponha. Com Maria, iremos apressadamente, porque quem ama não demora - É connosco agora, é com Cristo sempre!”, convocou o Cardeal-Patriarca de Lisboa.

 


______________________


Painel com Boas Práticas da Receção do Sínodo

- No primeiro painel, o Instituto Diocesano da Formação Cristã apresentou o trabalho realizado no ano pastoral 2017-2018, dedicado ao “anúncio da palavra”, com o tema ‘Fazer da Palavra de Deus o lugar onde nasce a fé’.

- A Vigararia da Amadora apresentou a caminhada realizada no ano pastoral 2018-2019, dedicado à liturgia – ‘Viver a liturgia como lugar de encontro’, com enfoque para as iniciativas realizadas na paróquia da Damaia.

- No terceiro painel, foi apresentado o trabalho da equipa vicarial da Pastoral Social da Vigararia de Oeiras, desenvolvido durante os dois últimos anos pastorais (2019-2021), dedicados à caridade, com o tema ‘Sair com Cristo ao encontro de todas as periferias’.

- Por último, sobre o tema transversal aos últimos anos – ‘Fazer da Igreja uma rede de relações fraternas’, a paróquia da Arruda, na Vigararia de Alenquer, apresentou o ‘Dia da Vigararia’, assinalado anualmente.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
A primeira palavra que desejo exprimir hoje é de homenagem à memória do Padre Vítor Feytor Pinto, exemplo...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Fátima é o nome da filha de Maomé, mas é sobretudo o local em que Nossa Senhora apareceu seis vezes,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES