Lisboa |
Padre Batalha homenageado
“Medalha não é minha, mas de todos”
<<
1/
>>
Imagem

O padre Joaquim Batalha, pároco de Ribamar, foi homenageado pelo município da Lourinhã com a Medalha Municipal de Honra. Uma distinção, recebida no dia do município, a 24 de junho, que o sacerdote partilhou com todos. “Um obrigado, é pouco. Este obrigado, numa homenagem tão grande, ficar só para mim, era mal. Porque aquilo que sou, devo-o a muitos milhares de pessoas. Reconheço que Deus, também comigo, realizou grande coisas convosco e no meio de vós. Nestes 49 anos, desde que comecei a percorrer os caminhos da Lourinhã, esta medalha não é apenas atribuída à minha pessoa, mas à Casa do Oeste e a toda a gente e a toda a sua atividade”, referiu o padre Batalha, na Sessão Solene Evocativa do Dia do Concelho, que decorreu no auditório da Associação Musical e Artística Lourinhanense.

foto por Casa do Oeste
A OPINIÃO DE
P. Manuel Barbosa, scj
1. Estamos em plena fase diocesana do processo sinodal, que vai até ao verão de 2022. Importa recordar...
ver [+]

António Bagão Félix
Há uns dias, deparei com um belo texto do sacerdote e teólogo italiano Ermes Ronchi. A certa altura,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES