Lisboa |
Pastoral Penitenciária
“Fomentar a ação pastoral em todas as prisões”
<<
1/
>>
Imagem

O coordenador nacional da Pastoral Penitenciária deseja constituir, até 2023, equipas de voluntários em cada uma das dioceses, para “fomentar a ação pastoral em todos os estabelecimentos prisionais” do país. No XVI Encontro Nacional de Colaboradores e Voluntários Prisionais, que decorreu em formato online, a 10 de julho, o padre José Luís Costa desejou o envolvimento, no apoio aos reclusos, não apenas dos capelães, mas de toda a comunidade cristã, e alertou para a necessidade de a preocupação ser estendida às famílias dos reclusos, tendo em conta “os desafios de ordem social” que vivem. Já D. Joaquim Mendes, membro da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana, convidou à criação de “grupos de reflexão de reclusos cristãos” nas cadeias. Sendo os estabelecimentos prisionais “uma periferia”, o prelado apelou ainda à ação junto das comunidades locais, para serem mais próximas dos reclusos.

Sónia Rosendo, da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, sublinhou o papel do voluntário na “reabilitação” da pessoa reclusa, em especial “no regresso à vida em sociedade”, e apontou ao lançamento do Programa de Gestão do Voluntariado em Meio Prisional, em parceria com a cooperativa de solidariedade ‘Aproximar’.

A OPINIÃO DE
P. Manuel Barbosa, scj
No momento em que traço estas notas, o mundo anda em rebuliço: vastíssimos incêndios a ceifar vidas...
ver [+]

António Bagão Félix
Escreveu Miguel Torga na sua carta ao romancista e poeta brasileiro Ribeiro Couto (“Traço de...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES