Roma
Roma
“Alegria e vontade de estarmos juntos são sinais fundamentais para o mundo de hoje”
Com o pensamento na JMJ Lisboa 2023, o Papa Francisco invocou a “alegria” do encontro. Na semana em que alterou a estrutura da Caritas Internationalis, o Papa pediu a judeus e cristãos para “parar a guerra e abrir vias de paz”,...
ver [+]
Roma
“Para muitos santos e santas, a inquietação foi um ímpeto decisivo”
O Papa Francisco aconselhou a imitar os santos que conviveram com Jesus, sem pedir nada em troca. Na semana em que chegou às livrarias portuguesas ‘A vida de Jesus’, de Andrea Tornielli, o Papa almoçou com 1300 pessoas em necessidade, fez...
ver [+]
Roma
“Diálogo ajuda a descobrir a riqueza de quem pertence a outros credos”
Após a visita ao Bahrein, o Papa Francisco pediu “mais encontros entre cristãos e muçulmanos”. Na semana em que falou sobre o tema dos abusos na Igreja, o Papa recebeu o fragmento de uma mina russa que destruiu uma igreja na Ucrânia. Vaticano...
ver [+]
Roma
“Cultivo a esperança ou avanço choramingando?”
Para o Papa Francisco, o maior erro da vida é perder de vista aquilo que vale a pena. Na semana em que convidou a “desarmar o coração”, o Papa lembrou que “uma criança abandonada é culpa nossa”, lembrou as vítimas de atentado em Mogadíscio e a tragédia em Seul.
ver [+] video
Roma
“Hoje a paz é gravemente violada, ferida, espezinhada”
O Papa Francisco condenou a violência no Congo e pediu orações pela Ucrânia. Na semana em que encerrou, no Coliseu de Roma, a conferência internacional ‘O grito da paz’, o Papa recebeu o presidente de França, inaugurou as inscrições para...
ver [+]
Roma
Papa convida a “abrir o coração para horizontes mais amplos”
O Papa Francisco convidou a identificar os “elementos tóxicos” na vida. Na semana em que criticou a mercantilização dos bens alimentares, o Papa lembrou que a conversão da economia passa pela conversão dos empresários, convidou a enviar...
ver [+]
Roma
“O meu coração está sempre virado para o povo ucraniano”
O Papa Francisco assumiu que traz dentro de si “a dor” dos ucranianos. Na semana em que celebrou os 60 anos do Concílio Vaticano II, o Papa canonizou dois italianos, mostrou-se preocupado com a ameaça nuclear e telefonou a um pároco italiano empenhado no combate à máfia.
ver [+]
Anterior    1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16      Próximo
A OPINIÃO DE
José Luís Nunes Martins
Aquilo que somos depende do que fazemos com o que recebemos. A nossa primeira responsabilidade será...
ver [+]

P. Manuel Barbosa, scj
Dialogar, escutar, discernir: três atitudes a marcar o processo sinodal iniciado em outubro de 2021 com as fases diocesana e nacional.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES