Lisboa |
Missa no 50.º aniversário da entrada solene de D. António Ribeiro como 15.º Patriarca de Lisboa
Patriarcado de Lisboa faz “memória agradecida da grande figura do Cardeal Ribeiro”
<<
1/
>>
Imagem

O Patriarcado de Lisboa vai assinalar 50.º aniversário da entrada solene de D. António Ribeiro como 15.º Patriarca de Lisboa com uma Missa na Sé Patriarcal, no próximo Domingo, 21 de novembro, às 18h00. Uma celebração para lembrar um “pastor de excelência”, nas palavras do atual Cardeal-Patriarca, D. Manuel Clemente.

A celebração da entrada solene de D. António Ribeiro na Sé de Lisboa, ocorrida em 21 de novembro de 1971, acontece este ano, como então, no dia de Cristo Rei. “Será ocasião de ação de graças a Deus e de memória agradecida da grande figura do Cardeal Ribeiro, que no Patriarcado de Lisboa e além dele, foi pastor de excelência e oportunidade indesmentíveis. Excelência das qualidades humanas e pastorais que tinha. Afável no trato, lúcido na apreciação dos assuntos e determinado nas decisões, foi o pastor certo que sempre nos acompanhou de 1971 a 1998. A oportunidade advinha precisamente da conjugação das suas qualidades com aquelas décadas de transformações profundas na sociedade e interpelações grandes à Igreja. Poucos poderiam desempenhar tão bem o múnus como ele o fez, para benéfico dos crentes e do nosso povo em geral”, recordou D. Manuel Clemente, numa carta enviada esta semana ao clero da diocese.

Na missiva, o Cardeal-Patriarca salienta que tem “pleno significado e justiça” a Missa no 50.º aniversário da entrada solene de D. António Ribeiro como 15.º Patriarca de Lisboa, que vai “recordar e agradecer o ministério patriarcal de D. António Ribeiro”.

 

Novo livro

No final da celebração, vai ser apresentado o livro ‘O Cardeal Ribeiro com os Jovens - Excertos de comunicações do Cardeal-Patriarca Dom António Ribeiro aos jovens da diocese de Lisboa’ (Lucerna), que foi preparado para esta comemoração. No prefácio da publicação, o Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, escreve: “Resta-me saudar e agradecer vivamente a iniciativa desta publicação. É uma excelente base para nos lançarmos, agora, rumo à Jornada Mundial da Juventude de 2023”.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
No livro “Que Fizeste do Teu Irmão? – Um Olhar de Fé sobre a pobreza do mundo” de...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
No primeiro dia de novembro, a Igreja universal celebra todos os santos. Muitos dos bem-aventurados,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES